Folha Extra 1474

December 6, 2018 | Author: Folha Extra | Category: Police, Business
Share Embed Donate


Short Description

Nesta edição: -Quadrilha que roubou banco em Curiúva é alvo de operação da polícia -Cinco municípios da região têm...

Description

 A1

FOLHA E FOLHA  E X  XT TR A  SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED.1474

      !       Á        R      A       T       L      A       F       E       M      A       D      A       N       E       R      O       T      S      A       P       U       E       M      O        É       R      O       H       N       E      S      O

Versão na internet  folhaextra.com

SEXTA-FEIRA,

22 DE JANEIRO DE 2016 - ANO 13 - Nº 1474 - R$ 1,00

O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS

DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA

Quadrilha que roubou banco em Curiúva é alvo de operação da polícia  A Polícia Civil do Paraná, em conjunto com a Polícia ilitar P, deflagrou uma operao na manh desta quinta-feira  para combater uma quadrilha especializada em roubos a agências bancárias.

 Ao todo, sero cumpridos  mandados de priso e  de busca e apreenso em sete cidades do estado.  pessoas tinham sido presas. essas,  tinham mandado de priso expedido, e seis foram presas

em flagrante.m dos investigados, considerado um dos líderes da quadrilha, foi morto em auá da Serra. Segundo a polícia, ele reagiu  abordagem policial e foi baleado. Radar Página A5 DIVULGAÇÃO

MORADIAS POPULARES

Cinco municípios da região têm projetos habitacionais habi tacionais em desenvolvimento oradores de arra do acaré, baiti, igueira,  aguariaíva e uatiguá podem ser contemplados com dezenas de casas populares para cada um destes municípios. urante esta semana os prefeitos destas cidades se reuniram com o presidente da ohapar, Abelardo upion, para tratar dos projetos. Para arra do acaré existe um projeto de construo de  casas populares, cuja licitao para escolha da construtora já foi lanada. Cidades Página A4 DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

enio ede fim do edio em acaeino

Acidente com ônibus foi teria sido causado por falta de freio

apito Augusto demonstrou quais os procedimentos necessários para ingressar com o pedido de iseno de cobrana da tarifa do pedágio localizado na divisa dos Estados do Paraná acarezinho e So Paulo Ourinhos. Política Página A3

O acidente com um nibus da empresa ransfronteira em Sengés, durante a semana passada, teria sido causado por um problema no sistema de freios do veículo. O nibus trafegava pelo centro da cidade quando perdeu o frio, durante a sexta-feira passada , e só parou depois do motorista  jogar o veículo contra contra um poste. Radar Página A5

Brazense é destaque entre veteranos na Prova Pedestre de São Sebastião DIVULGAÇÃO

Prova reuniu centenas de atletas de toda região

 A  edio da Prova Pedestre de So Sebastio, realizada na ltima quarta-feira  em enceslau raz, atraiu centenas de participantes de toda a regio. as o destaque local, mais uma  vez ficou para o atleta veterano aldeci aldeci Emiliano, vencedor na categoria  a  anos. aldeci, aldeci,  anos, era uma das esperanas caseiras de medalha, e no decepcionou. Embora entre os atletas de todas as idades no tenha conseguido ficar entre os primeiros, venceu o forte calor e grande concorrência para ficar com o  lugar entre os veteranos. Cidades Página A4

 A2 OPINIÃO  Artigo

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED.1474

Por FABRICIO REBELO Bacharel em Direito

 A opção pela enxada  P

edro Marangoni é, infelizmente, um persona gem brasileiro pouco conhecido, um tipo de herói de  guerras esquecido em tempos de  paz e império do politicamente correto. Ex-piloto da FAB - Força Aérea Brasileira, integrou-se  à Legião Estrangeira Francesa na década de setenta e, a partir

 autoria.Enquanto Marangoni conta uma briosa e corajosa  história em seu livro, uma notícia recentemente veiculada na  seção policial de alguns jornais nos remete a uma triste e ver gonhosa realidade brasileira: o  acovardamento da sociedade. sociedade. O caso noticiado aconteceu em Uberaba, interior mineiro.  daí, lutou em diversos conflitos  Mais uma casa lotérica, cheia no continente africano, sem-  de clientes, foi assaltada. Até aí,  pre contra regimes ditatoriais. nada de anormal, são milhares  Sua história é contada no livro  as ocorrências assim. O inusita“A Opção pela Espada”, de sua  do está na arma utilizada pelo

Olha o que foi dito!

 assaltante: uma enxada.  Por mais mais surreal que possa parecer,, o assaltante chegou à lotéricer ca em uma moto, com a enxada nas mãos. Se dirigiu ao caixa,  arrombou uma porta e, ameaçando usar sua “arma” contra os presentes, levou o dinheiro  que conseguiu. À exceção de um ou dois que saíram discretamente, os clientes acompanharam a  ação estáticos, como se a “arma”  do assaltante fosse fosse de uma enorme letalidade em massa.

 segurança que registram sem vivência – e não é, haja vista nada coibir, demonstra o quan- os inúmeros casos noticiados to a sociedade está tomada pelo  diariamente sobre latrocínios  pânico. Não se raciocina mais  sem que a vítima sequer esboce  sobre a efetividade ou exten- reagir.  são da ameaça, simplesmente O fato é que o medo está instala há a rendição ao menor sinal  do, e uma população com medo  de ataque. Não tarda e alguém  aceita e cede a tudo. Cenário vai conseguir roubar sob a gra-  perfeito para a profusão do auve ameaça de um grito – “passa toritarismo e a multiplicação  a carteira ou eu vou gritar!”. É incontrolável da violência. o comportamento que resulta  Há dez anos, o país elegeu as ar da disseminação histérica do mas de fogo como vilãs da crimi discurso de não reação, como nalidade e desarmou o cidadão,  A ação, filmada por câmeras de  se isso fosse garantia de sobre-  ao passo em que os bandidos,

 que pouco ligam para as leis, se  armaram ainda mais. Sem armas para se defender, qualquer coisa serve para atacar, o que é comprovado pelos cada vez mais frequentes casos de crimes cometidos com os mais variados objetos. Facas, machados, martelos, pedras, garrafas, ou um  guarda-chuva, qualquer coisa  que se levante levante é o suficiente para

 paralisar cidadãos amedronta dos. Para Para o bandido, é só fazer a opção; a do ladrão de Uberaba  foi pela enxada.

“Quem não quiser mais pagar o pedágio “ a curto prazo deve ingressar com este pedido, que não precisa de advogado e não tem custo nenhum”

“A prefeitura está fazendo o seu papel, “ ajudando e pagando o aluguel social, mas precisamos de ajuda

Capitão Augusto – deputado federal por São Paulo

José Sloboda – prefeito de Jaguariaíva

   “

 Artigo

definitiva, com novas casas”



Artigo

Espere eu arrumar a alma

Pobre executivo vaidoso

Por Nathalí Macedo

Por SÔNIA PEDREIRA DE CERQUEIRA

Atriz

Fãs da Psicanálise

N

ão entre agora não.  Você vai se perder nessa minha desordem. Se quiser, fique parado aí na porta observando. Você vai  ver que a minha vida anda mesmo inabitável. Não é nada pessoal. Não é  você, sou eu. Sério. Não é o seu signo nem os seus hábitos um tanto irritantes – essas coisas eu aguentaria. É que eu não quero afogar ninguém no meu mar de incertezas, entende? Espere a chuva passar. Quando o sol raiar de novo eu abro a janela pra ele e a porta pra você.  Juro que espio antes no olho mágico pra me certificar de que  você ainda está lá – e espero te  ver, olhando distraído pro teto aqui do prédio, com as mãos no bolso e um rosto um tanto quanto despretensioso. Espere eu abandonar o tarja preta e passar a beber menos. Deixe eu ver a vida com mais  jeito que eu dou um jeito de

Charge

nhãs. Deixe a vida me sorrir de nha vida porque, no momento, novo que eu devolvo o sorriso elas estão soltas. Livres como pra você. Deixe ela me mostrar eu gosto de ser. onde eu errei, pra ver se por Ninguém merece alma limpa milagre eu não erro com você. em casa suja. Ninguém mereDeixe eu me compreender até ce ancorar o outro e, sinceraque tenha alguma compreen- mente, eu sou a minha própria são pra te oferecer. Deixe eu âncora. Não é justo se apoiar me relacionar comigo. no outro e arriscar fazê-lo cair Deixe eu limpar os cacos, ar-  junto. Prefiro levantar sozinha pra poder te abraçar de pé. Te olhar nos olhos, jogar as cartas, mostrar quem eu sou quando a Deixe eu limpar os cacos, arrumar a  vida não está me dando tantos casa, pôr a alma em ordem. Quando eu golpes. parar de almoçar no fastfood e fumar Deixe eu ser um pouco menos filha da puta antes de te deixar pela manhã, talvez eu me dê conta que ficar. Olha, eu prometo que retomei as rédeas da minha vida porque, tenho tentado. Deixe eu ter no momento, elas estão soltas amor pra mim pra multiplica-lo pra você. Deixe eu ser um pouco mais minha pra depois, então, ser um pouco tua. só depois abrir pra visitação. rumar a casa, pôr a alma em E você é convidado de honra. ordem. Quando eu parar de alMas, agora, nem eu consigo moçar no fastfood e fumar pela morar aqui sem sentir um nó manhã, talvez eu me dê conta COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM na garganta em algumas ma- que retomei as rédeas da mi-

pôr na minha vida – isso é uma promessa. É que eu tô meio cansada pra ser o descanso de alguém, entende? Sou mar bra vio demais pra você navegar. navegar. Ficar sozinha não é uma ideia idiota – bem, talvez seja um pouco quando existe por aí alguém como você, mas eu tô arrumando meu mundo pra

D

iziam que de médico familiares, enchemos a boca para e louco todo mundo dizer que somos ocupados (não tem um pouco. Pra ser ocupado é coisa de gente fradizer a verdade, acho que atual- cassada), porque isso pressupõe mente a frase que mais se encai- ganho de dinheiro, enchemos a  xa é : “de executivo louco, todo boca para dizer que nossos filhos mundo tem um pouco”. estudam em uma escola cara, Esta semana ouvi a frase, com porque afinal, eles só estudam muito pesar de quem falou, de lá porque somos pessoas de suuma executiva: “é, pois é, saio de cesso. Nesse momento a nossa casa às 7 da manhã, chego às 8  vaidade impera! da noite e quase não vejo meus Mas o que mais me intriga é o filhos, mas fazer o quê né? A so- quanto de contribuição este ciedade cobra isso da gente”. E a sucesso vaidoso dá em favor pessoa falou, com vaidade, como de nossa felicidade verdadeira. se tivesse realmente que cumprir O quanto este sucesso dá de os padrões mega- hiper- super contribuição no sentido de nos da sociedade que nos acolhe (ou tornarmos uma pessoa melhor não acolhe nada). Sinceramente, em nossa essência, e não uma fiquei com a maior cara de pas- pessoa com uma casa, carro ou sada, aliás, nem acreditei naquilo cargo melhor. que ouvi. O pior, ou melhor, disso tudo é E a partir disso comecei a refle- que a vaidade está em nossas tentir: trabalhamos por dinheiro? dências. Todo mundo tem vaidaPorque se trabalhamos por di- de sim. Uma vaidadezinha uma nheiro, todo o discurso de amor  vez ou outra não faz mal para e necessidade de cuidados com a ninguém. Mas temos que aprenfamília, amigos e pessoas amadas der a domar esta necessidade de que ouvimos por aí soa meio es- ser reconhecido o tempo todo. tranho. Na verdade esse mundo Eu estou procurando vigiar e dode trabalho é um emaranhado de mar a minha vaidade, o que não contradições. Na verdade, ver- é fácil, estudo, vou à terapia, condade mesmo é que muitas vezes  verso e peço feedback de amigos. nos pegamos trabalhando por E você, está domando a sua? E  vaidade. Sim, por vaidade, gos- não venha me dizer que não tem tamos de ser reconhecidos como a tal da vaidade. super- hiper- mega profissional de sucesso. COMENTE O ASSUNTO. Nas reuniões com os amigos e ACESSE FOLHAEXTRA.COM

POLÍTICA  A3

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED.1474

   

Governador libera mais R$ 22 milhões para combate à dengue e outras ações  aote financeio  somado aos   mies eassados aa o seto no fim de deemo, tamm eo iia, e aos otos   mies destinados aos mnicios no incio de aneio DIVULGAÇÃO

 AEN [email protected] t ra ra.c .c o m

O governador Beto Richa (PSDB) autorizou nesta quarta-feira (20) o repasse de R$ 22,1 milhões para o desenvolvimento de ações na área de vigilância em saúde, por meio do programa VigiaSUS. O recurso será depositado nesta quinta-feira (21) aos 399 municípios do Estado e pode ser utilizado no financiamento do combate à dengue, zika, chikungunya e outras doenças. O aporte financeiro é somado aos R$ 10 milhões repassados para o setor no fim de dezembro, também pelo igiaSS, e aos outros R$ 7 milhões destinados aos municípios no início de janeiro, oriundos do programa Saúde do  Viajante. “ Em um mês, estamos investindo quase R$ 40 milhões nesta área. São recursos extras de custeio e capital para auxiliar as prefeituras no enfrentamento deste período mais crítico”, disse o governador. O dinheiro pode ser aplicado na contratação temporária de agentes de endemias, compra de veículos, aquisição de equipamentos de proteção individual, materiais para arrastão de limpeza, além de outras despesas como capacitao de profissionais, pagamento de combustível, manutenção da frota e produção de material educativo. Richa explica que toda a estrutura do governo está mobilizada para combater o mosquito da

Um relatório da Polícia Federal sobre mensagens de celular encontradas em aparelhos do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro aponta que o empresário manteve contato ou fez citações a 14 investigados no STF (Supremo  Tribunal Federal) Federal) por suspeita de participação no esquema de corrupção da Petrobras. Léo Pinheiro já foi condenado a mais de 16 anos de prisão na Operação Lava Jato, pelo juiz federal Sergio Moro, de Curitiba. A lista dos citados inclui a senadora paranaense e ex-chefe da Casa Civil do governo Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann (PT). As informações são da Folhapress.

 Veneri prepara  Veneri prepara time e faz duras criticas a Gleisi e Vanhoni

Governador assina liberação de recursos

dengue e diversas ações estão sendo articuladas para conter o avanço da doença no Paraná. “Para que tudo isso dê resultado é preciso que o poder pblico e a comunidade atuem em conjunto para evitar a propagação dessa epidemia”, disse o governador.

baracá e Guaraci. contrado no lixo e em entulhos Outras nove cidades estão em dentro da casa ou no quintal das estado de alerta devido à alta pessoas. Por isso, é imprescindíincidência de casos e também  vel que cada um vistorie semapodem entrar em epidemia: As- nalmente seu imóvel em busca saí, Santo Antônio do Paraíso, de objetos que acumulem água”,  Jataizinho, Nova Aliança do Ivaí, recomendou.  Atalaia, Rancho Alegre, Foz do De novembro para cá, o Estado Iguaçu, Mandaguari e Ibiporã.  já liberou a aplicação do fumacê NÚMEROS em cinco cidades: Foz do IguaDesde agosto do ano passado, PREVENÇÃO çu, Londrina, Marechal Candido 2.203 casos de dengue já foram Para o secretário estadual da Rondon, Guaíra e Cambará. A registrados no Estado. Até o Saúde, Michele Caputo Neto, o medida é eficaz contra o mosmomento, a doença atinge 109 momento é de reforar o traba- quito adulto, na forma alada, municípios paranaenses, sendo lho de conscientização da po- e não atua contra a larva ou os que sete enfrentam situação de pulação, focando na eliminação ovos. Por isso, trabalho é feito epidemia. São eles: Paranaguá, dos criadouros do mosquito. “A simultaneamente a mutirões de Mamborê, Cambará, Munhoz de maior parte dos focos identifica- limpeza e ações de eliminação Mello, Santa Isabel do Ivaí, Itam- dos pelas equipes de sade é en- de criadouros.

Reunião pede fim do pedágio em Jacarezinho DIVULGAÇÃO

DA ASSESSORIA [email protected] ra.co m [email protected]

Nesta terça-feira (19), o deputado paulista Capitão Augusto (PR) concedeu entrevista coleti va, ocasião na qual demonstrou quais os procedimentos necessários para ingressar com o pedido de isenção de cobrança da tarifa do pedágio localizado na divisa dos Estados do Paraná (Jacarezinho) e São Paulo (Ourinhos). Foi feita uma demonstração de cadastro e pedido no site da  Justiça Federal do Estado de São Paulo em tempo real, e se pôde constatar a facilidade de ingresso com a ação por qualquer pessoa. O parlamentar divulgou, ainda, todo o passo a passo para o procedimento em suas redes sociais, deixando, ainda o email [email protected] à disposição para auxiliar quaisquer pessoas que necessitem. O locutor de rodeio nacionalmente conhecido Marco Brasil

Mensagens de empreiteiro da OAS citam Gleisi e mais 13 investigados

O deputado Tadeu Veneri Veneri (PT) já discute abertamente com seu time a candidatura a prefeito em 2016. Nesta quinta-feira, 21, em um café no Centro Cívico, o deputado esteve com integrantes do PT de Curitiba e também de seu gabinete. O encontro teve uma longa análise da conjuntura municipal e das candidaturas passadas do PT em Curitiba. Foram pesadas as críticas ao ex-deputado Angelo Vanhoni (candidato em 1996, 2000 e 2004) e também à senadora Gleisi Hoffmann, que disputou o cargo em 2008, em especial no que toca á situação financeira que os dois deixaram o diretório municipal.

Copel tem recorde de obras no Paraná Em 2015, a Copel concluiu o maior volume de obras em distribuição já executado em um ano. A companhia fez 22 mil obras de expansão e modernização da rede elétrica, uma média de 60 por dia. Ao final do ano, foram adicionados ao sistema elétrico dez novas subestações, 500 km de novas linhas de transmissão e dois mil km de redes de distribuição.

 Vargas na base  Vargas base dos antidepressivos O ex-deputado federal André Vargas (ex-PT) estaria tomando doses cada vez mais fortes de antidepressivos dentro da prisão onde está. A situação do ex-parlamentar teria se agravado depois da notícia da morte de José Seixas Zeitel, de quem era muito próximo. Zeitel morreu precocemente de infarto, aos 56 anos, no ano passado. Ele era o superpoderoso secretário de Desenvolvimento Econômico de Pinhais, cidade administrada pelo prefeito Luizão Goularte (PT), e o responsável por toda a articulação política do município e cidades vizinhas. Capitão Augusto durante protesto na câmara

esteve presente na coletiva parabenizando o forte trabalho do deputado. “Este foi mais um grande passo para beneficiar toda a nossa população, que tem tantos prejuízos com a instalação ilegal desta praça de pedágio.

Continuarei lutando em Brasília para que seja derrubada a liminar que permite o funcionamento do pedágio. Entretanto, quem não quiser mais pagar o pedágio a curto prazo deve ingressar com este pedido, que não precisa

de advogado e não tem custo nenhum. Qualquer um pode acessar o site da internet da sua casa e fazer a solicitação online, basta seguir o passo a passo que disponibilizamos”, explica o deputado.

Picler volta sinalizar candidatura a prefeito Em vídeo postado nesta quinta-feira, 21, no facebook, o empresário Wilson Picler (PEN) volta a sinalizar a candidatura a prefeito de Curitiba.

 A4 CIDADES

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED.1474

MORADIAS POPULARES

Cinco municípios da região têm projetos habitacionais em desenvolvimento

Em Resumo ENSINO PROFISSIONA PROFISSIONALIZANTE LIZANTE

Senai de Jaguariaíva oferece 70 vagas

Novas casas populares deverão contemplar famílias de Barra do Jacaré, Ibaiti, Figueira, Jaguariaíva e Quatiguá DIVULGAÇÃO

DA REDAÇÃO [email protected] ra [email protected] ra.c .com om

Moradores de Barra do Jacaré, Ibaiti, Figueira, Jaguariaíva e Quatiguá podem ser contemplados com dezenas de casas populares para cada um destes municípios. Durante esta semana os prefeitos destas cidades se reuniram com o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, para tratar dos projetos. Para Barra do Jacaré existe um projeto de construção de 27 ca- Prefeito de Jaguariaíva, José Sloboda, durante reunião na Cohapar  sas populares, cuja licitação para escolha da construtora já foi lan- do Tempo de Serviço (FGTS), em trutora responsável deve ser lan- nesta semana pela Companhia çada. parceria com o governo federal. çada após o estudo de demanda de Habitação do Paraná (Cohapar). O empreendimento tem investi-  As moradias integram a s egunda pelo projeto. mentos estimados em aproxima- etapa do Residencial Mãe Rai-  Já para Jaguariaíva a Cohapar e a  Além do projeto em andamento damente R$ 2,2 milhões, prove- nha, cuja primeira, em fase final prefeitura local estudam uma so- para o atendimento da populanientes do Fundo de Garantia do de obras, beneficiará  famí- lução para as 37 famílias afetadas ção urbana, outras ações inteTempo de Serviço (FGTS). “São lias. “Com o novo projeto, esta- com as enchentes e que preci- gradas do poder público estão investimentos importantes para mos atendendo 261 famílias ape- sam ser realocadas. “Todas essas melhorando a vida dos moradoo município e principalmente nas no Mãe Rainha. É um grande famílias foram afetadas total ou res da região rural de Quatiguá. para as famílias beneficiadas, empreendimento que se soma a parcialmente, necessitando de Em 2013, foram entregues no que vão deixar o aluguel para outras ações conjuntas do poder novas moradias. A prefeitura está município as primeiras 15 morealizarem o sonho de ter uma público para a melhoria da qua- fazendo o seu papel, ajudando radias do Programa Nacional de casa própria, afirma o prefeito lidade de vida da população de e pagando o aluguel social, mas Habitação Rural e, agora, mais 19 de Barra do Jacaré, Edimar de Ibaiti”, avalia o prefeito. precisamos de ajuda definitiva, unidades estão em construção. Freitas Alboneti, o Edão (PP). No encontro entre Lupion e o com novas casas”, explicou o Somadas, as novas moradias  Além do novo projeto, a parceria prefeito de Figueira, Valdir Gar- prefeito de Jaguariaíva, José Slo- representam investimentos de aproximadamente R$ 2,3 mide trabalho entre governo esta- cia (PSDB), o assunto foi o anda- boda (PHS). dual e prefeitura, que também mento das obras de construção O município ainda conta com lhões para o município em reenvolve a participação do gover- de 32 casas populares e as pers- outros projetos em andamento, cursos do Fundo de Garantia do no federal, permitiu a entrega de pectivas de novos projetos pla- como a construção de 358 mo- Tempo de Serviço (FGTS). Além 70 moradias urbanas e 29 rurais nejados para o município. radias urbanas que já foram lici- do Governo do Paraná, a prefeiem Barra do Jacaré nos últimos  As moradias em construção fa- tadas, 29 casas rurais em obras e tura de Quatiguá e o governo feanos. As ações concluídas repre- zem parte do trabalho integrado 50 moradias urbanas destinadas deral são parceiros na iniciativa. sentam investimentos superio- dos órgãos, que também con- à famílias carentes, que estão em Segundo Lupion, o pacote de res a R$ 3 milhões. ta com a participação da Caixa fase de finalizao. Outro pro- novas licitações é um alento para Na reunião entre o prefeito de Econômica Federal como agente  jeto importante que a Cohapar os municípios, que ainda apreIbaiti, Roberto Regazzo, o Betão financeiro do projeto. Os investi- está realizando na cidade é o de sentam grande demanda por (PSB) e Lupion foram acertados mentos são de aproximadamen- regularização fundiária de 765 moradias. “Apesar dos avanços os últimos detalhes de um novo te R$ 1,5 milhão e os im óveis são lotes nas seguintes localidades: promovidos pela gestão do goprojeto para a construção de 134 destinados a famílias com renda  Vila Pedrinha, Vila Remonta, Jar-  vernador Beto Richa, com mais novas casas populares no muni- mensal de até R$ 1.600. dim Boa Vista e Kennedy II, Rua de  mil famílias beneficiadas cípio. O objetivo agora é viabilizar a da Beira, Bairro Barro Preto, Vila por desde 2011, ainda há um  A licitao que deverá definir a contratação de mais 24 mora- Kennedy e Quadra 15 Primavera grande déficit habitacional a ser resolvido no Paraná”, comenta. escolha da construtora respon- dias, a serem construídas com III. sável pelas obras será lançada recursos do Fundo de Garantia Por fim, em uatiguá devero “Por isso, a Cohapar continua nesta semana. O projeto envol- do Tempo de Serviço (FGTS), ser construídos dois novos em- trabalhando em ritmo forte jun verá investimentos de aproxima- com investimentos estimados preendimentos residenciais. to às prefeituras para ampliar a damente R$ 10,1 milhões, pro- em cerca de R$ 1,9 milhão. A Tratam-se de 29 casas populares, construção de casas populares”,  venientes do Fundo de Garantia licitação para a seleção da cons- cujas licitações serão lançadas conclui o presidente da Cohapar.

ATLETISMO

Brazense Brazen se é des destaqu taquee entr entree veterano veteranoss na Prova Pedestre de São Sebastião Valdeci Emiliano era uma das esperanças caseiras de medalha, e não decepcionou DA REDAÇÃO [email protected] ra [email protected] ra.c .com om

 A 23ª edição da Prova Pedestre de São Sebastião, realizada na última quarta-feira (19) em Wenceslau Braz, atraiu centenas de participantes de toda a região. Mas o “destaque local”, mais uma vez ficou para o atleta veterano Valdeci Emiliano, vencedor na categoria 40 a 49 anos.  Valdeci,i, 47 anos, era uma das es Valdec peranças caseiras de medalha, e não decepcionou. Embora entre os atletas de todas as idades não tenha conseguido ficar entre os primeiros, venceu o forte calor e grande concorrência para ficar com o 1º lugar entre os veteranos. O atleta reconhece que a pressão por estar correndo em casa aliada à expectativa ao seu redor atrapalharam, assim como o calor, mas mostra grande satisfação com o resultado conquistado.

“Fiz um tempo mais alto do que aquele que eu estava fazendo nos treinos. Fez muito calor e acabei ficando nervoso por estar correndo em casa e saber que tinha bastante gente torcendo por mim e esperando um bom resultado. Mas graças a Deus superei as dificuldades e consegui mais uma medalha pra essa cidade que tanto me apóia”, enaltece. “Tem muita gente me ajudando com patrocínio e me apoiando. Isso só me motiva a treinar cada  vez mais pra melhorar minha condição e poder conseguir outros bons resultados”, continua.  A comemoração de Valdeci, porém, não deve durar muito. No próximo fim de semana o atleta  já tem uma nova prova marcada, desta vez em Londrina. “Vai ser dureza. Aqui foram 8 km, lá vão ser 12 km, e a concorrência vai ser ainda mais forte. Mas vou com fé para conseguir mais um troféu para minha cidade”, pro jeta.

DIVULGAÇÃO

O Senai está oferecendo mais de 600 vagas para cursos técnicos na Região dos Campos Gerais. São nove cursos diferentes ofertados em cinco cidades diferentes: Ponta Grossa (320 vagas), Telêmaco Borba (120 vagas), Jaguariaíva (70), Castro (65) e Irati (45). A exigência é ter o segundo grau completo, e as inscrições vão até o dia 2 de fevereiro – porém, neste ano, é por ordem de inscrição, e não por prova seletiva, como nos anos anteriores. Os cursos, que variam entre um ano e meio e dois anos, têm custo mensal entre R$ 380 a R$ 420. Entre as vagas técnicas ofertadas estão automação industrial (Ponta Grossa, Jaguariaíva e Telêmaco Borba), celulose e papel (Jaguariaíva), eletromecânica (Ponta Grossa), eletrotécnica (Castro, Irati, Ponta Grossa e Telêmaco Borba), logística (Irati e Ponta Grossa), manutenção automotiva (Ponta Grossa), mecânica (Ponta Grossa e Telêmaco Borba), qualidade (Ponta Grossa) e segurança do trabalho (Castro e Ponta Grossa). “O grande diferencial é, justamente, a rápida empregabilidade e com remuneração bastante significativa. Para todos os cursos, de forma geral, há uma inserção muito mais rápida, mesmo pelo estágio, já que, com as empresas em processo de readequação das folhas, há uma demanda maior de estágio”, diz Thaiane de Gois Domingues, coordenadora de educação profissional do Senai Ponta Grossa. Inscrições são feitas nas sedes do Senai na Região.

 Andirá abre Concurso Público para preenchimento de 50 vagas O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Andirá – SAMAE lançou nesta quar ta-feira (20) o edital do Concurso Público para preenchimento de 50 vagas imediatas, distribuídas em 20 funções de níveis superior, médio, fundamental e com salários que variam entre R$ 843,80 à R$ 2.570,58. Do total de vagas, 5% serão destinadas à pessoas portadoras de deficiências e 10% para candidatos afrodescendentes. Para candidatos de nível fundamental as vagas são para: Agente de Serviços, Auxiliar de Manutenção, Encanador, Motorista, Operador de Bombas, Operador de Máquinas, Pedreiro e Vigia Patrimonial; Os interessados em nível médio poderão pleitear cargos de: Agente Administrativo, Fiscal Leiturista, Operador de Estação de Tratamento de Água e Esgoto, Técnico Técnico em Saneamento e Técnico em Segurança do Trabalho; Já para os nível superior, podem tentar os cargos de Administrador Administrador,, Advogado, Biólogo, Contador, Engenheiro Ambiental, Engenheiro Civil e Químico. As inscrições devem ser feitas via internet pelo endereço eletrônico da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Vale do Piriquí – FADCT – www.fadct.org.br, entre os dias 28 de janeiro a 18 de fevereiro de 2016. O valor da inscrição varia de R$ 40,00 a R$ 100,00. As provas objetivas terão a duração de 3 horas e serão aplicadas no dia 13 de março de 2016. Para todos os cargos, haverá prova ob jetiva, mais prova de títulos para os cargos de nível superior e prova prática para Agente de Serviços, Auxiliar de Manutenção, Encanador, Motorista Operador de Bombas, Operador de Estação de Tratamento Água e Esgoto e Operador de Máquinas. Os locais e o horário de realização das provas objetivas estarão disponíveis para consulta a partir de 03 de março de 2016.

RADAR  A5

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED.1474

FIM DA LINHA

Quadrilha que roubou banco em Curiúva é alvo de operação da polícia Região tem sofrido com freqüentes ataques contra bancos nos últimos dois anos; é a segunda prisão em massa de pessoas apontadas como autores destes crimes DIVULGAÇÃO

DAS AGÊNCIAS [email protected] ra [email protected] ra.c .com om

 A Polícia Civil do Paraná, Paraná, em con junto com a Polícia Militar (PM), deflagrou uma operao na manh desta quinta-feira  para combater uma quadrilha especializada em roubos a agências bancárias. Ao todo, sero cumpridos  mandados de priso e  de busca e apreenso em sete cidades do estado.  pessoas tinham sido presas. essas,  tinham mandado de priso expedido, e seis foram presas em Prisão de um dos integrantes da quadrilha especializada especializada em roubos a bancos flagrante. m dos investigados, considera- cumpridos so ondrina, auá pessoas como escudos, fugiram ao invés de andar pelas cidades do um dos líderes da quadrilha, da Serra, Ortigu eira, mba, ele- na caminhonete roubada levan- em busca de justia e vingana, foi morto em auá da Serra. maco orba, amarana e axinal. do seis reféns na caamba e um as organizaes criminosas hoje Segundo a polícia, ele reagiu  ma das características marcan- no cap. inutos após a fuga chegam nascidades e cometem abordagem policial e foi balea- tes do grupo, ainda segundo a pela P-, todos os reféns le- crimes como roubo a banco, exdo. om ele foi apreendido uma polícia, era o uso da violências  vados foram liberados, sem fe- plica a Polícia ivil. metralhadora e uma pistola. na maior parte dos casos. A l- rimentos, próximo  guarita de e acordo com o epartamen- tima ao dos criminosos foi o uma empresa.  EPOSES E  to de nteligência do Estado do assalto em uriva. Entre os crimes investigados na m levantamento da secretaria Paraná iep, a quadrilha é sus-  Além de explodir os caixas ele- operao esto associao crimi- da Segurana Pblica do Paraná peita de ter roubado quase   trnicos, os assaltantes também nosa, roubo, furto, tentativa de mostrou que  casos de explomilhes de instituies bancá- levavam cofres e usavam máqui- homicídio, cárcere privado, por- ses a caixas eletrnicos foram rias. A operao foi batizada de nas retroescavadeiras para der- te ilegal de arma de fogo de ca- registrados em todo o Paraná em angao. rubar paredes de agências, ainda libre restrito, receptao, tráfico . Ao todo,  criminosos Entre os alvos está um funcio- de acordo com a polícia. de drogas, lavagem de dinheiro foram presos. nário pblico de uma prefeitura O assalto em uriva foi no en- e contrabando. Embora o índice ainda seja condo interior, segundo a Secretaria tro da cidade e em plena luz do O nome da operao é uma siderado alto, o levantamento de Estado da Segurana Pblica dia, na segunda-feira . Se- aluso ao aluso ao período de aponta reduo de  em relae Administrao Penitenciária gundo a P, após o roubo, hou- banditismo brasileiro ocorrido o a , quando foram regisdo Paraná SESP-P. As cidades  ve tr oca de tiros entre a polícia no nordeste do rasil -- na épo- trados  ataques aos equipaonde os mandados esto sendo e os ladres, que, após usarem ca liderado por ampio. as, mentos eletrnicos.

Acident cidentee com com ônibus ônibus foi ter teria ia sido causado por falta de freio DIVULGAÇÃO

Ocorrências PROBLEMA DE SEMPRE

Após perseguição PM apreende drogas em  Jacarezinho DIVULGAÇÃO

Durante patrulhamento pelo Jardim São Luiz, em Jacarezinho, a equipe da PM visualizou um veículo de cor prata, sendo que o condutor já era conhecido no meio policial por tráfico de drogas. A situação aconteceu na última quarta-feira (20). Foi dado voz de abordagem, porém o condutor não obedeceu e fugiu. Após perseguição os policiais abordaram o veículo no bairro rural do Laranjal. Foi constatado que o condutor (30 anos) não possui CNH, e durante revista pessoal foi localizado com ele R$ 300. Com os outros dois passageiros (20 e 33 anos) nada de ilícito foi localizado, sendo que um deles saiu recentemente do sistema penitenciário de São Paulo. Com o apoio da equipe do Canil foi realizado busca no veículo e localizada em baixo do banco do motorista três pedras de crack, que fracionadas renderiam aproximadamente 30 porções. Foi localizado também no console do veículo a quantia de R$ 50. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos ocupantes do veículo e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil local para os procedimentos cabíveis. O veículo foi encaminhado ao pátio do 2º BPM devido a pendências administrativas.

Moto furtada é recuperada em Santo Antônio da Platina

DA REDAÇÃO [email protected] t ra ra.c .com om

O acidente com um nibus da empresa ransfronteira em Sengés, durante a semana passada,

teria sido causado por um problema no sistema de freios do  veículo. O nibus trafegava pelo centro da cidade quando perdeu o frio, durante a sexta-feira passada , e só parou depois do mo-

torista jogar o veículo contra um  enceslau raz  tararé SP, poste. Antes disto, porém, o ni-  via So osé da oa ista. bus ainda se chocou em uma iat  A ransfronteira é de enceslau Strada e em um muro. raz e além desta linha onde Segundo relatos, no momento houve o acidente da semana pasdo acidente o veículo circulava sada também vai do seu municícom  passageiros, na linha pio de origem até taí SP.

Nesta quarta-feira (20), após informações policiais militares de Santo Antônio da Platina localizaram uma motocicleta Honda/ CG 125 Titan de cor vermelha escondida às margens do Ribeirão da Aldeia, no Jardim Campestre. A motocicleta encontrava-se encoberta com ramos e ao ser consultado o sistema foi constatado que se tratava de produto de furto nesse mesmo município município.. Diante dos fatos, a motocicleta foi apreendida e encaminhada a Delegacia de Polícia para os procedimentos cabíveis de restituição ao proprietário.

 A6 DESTAQUE Empresa leva emprego par paraa Apaes da região Parceria entre Grupo Pioneiro e Apaes está em Abatiá, Joaquim Távora, Siqueira Campos, Tomazina e Ribeirão do Pinhal

DA REDAÇÃO [email protected] t ra ra.c .c o m

 Valorizar a diversidade e sempre proporcionar oportunidades para todos é uma das premissas do Grupo Pioneiro. A empresa desenvolve desde de setembro

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED.1474

de 2015 o projeto “Quero inclusão”, em parceria com as Apaes (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) dos municípios de  Abatiá, Joaquim Távora, Siqueira Campos, Tomazina e Ribeirão do Pinhal. “Eles trabalham com panificao, marcenaria, jardinagem, artesanato, horticultura, costura e artesanato dentro das próprias Apaes”, conta Renato Módolo Júnior, gerente de Recursos Humanos do Grupo Pioneiro.Hoje, já são 38 participantes. Os alunos são registrados em carteira com todos os benefícios da empresa e uniformes. “Também há o acompanhamento do

DIVULGAÇÃO

técnico de Segurança da Pioneiro, que avalia os locais de trabalho e fornece os equipamentos de proteção individuais necessários para as atividades realizadas, afirma ódolo nior. Para o Grupo Pioneiro, o projeto  vai além do cumprimento da lei de cotas para pessoas com deficiência. “O ‘Quero inclusão’ é a tradução do nosso princípio de respeitar a diversidade. Essa iniciativa proporciona mais dignidade, oportunidade e igualdade aos alunos das Apaes e suas famílias”, considera Glaucia Maximiano, assistente social do Grupo Pioneiro.

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED. 1474

ARAPOTI FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE ARAPOTI- PR RUA ONDINA BUENO SIQUEIRA Nº 180 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 09.277.712/0001-2 09.277.712/0001-277 AVISO DE LICITAÇÃO Edital de Pregão nº 2/2016 Processo nº 6/2016 Objeto: Contratação de serviços de pessoa jurídica com fornecimento de equipamentos e materiais para realização de exames de ultrassonograa visando atender as necessidades da Secretaria Municipal de

Saúde. Data Abertura: 05/02/2016 às 09:00:00 horas Valor Máximo: R$ 443.072,52 Informações e Retirada do Edital: Maiores informações poderão ser obtidas na Rua Ondina Bueno Siqueira, nº 180 - Centro Cívico, Arapoti, Paraná, telefones: (43) 3512-3000/3001, no horário das 8h00min às 11h30min 11h30m in e das 13h00min às 17h30min / site: www.arapoti.pr.gov.br www.arapoti.pr.gov.br / email: [email protected] Data Edital: 20/01/2016 CONVOCAÇÃO PARA EXAMES ADMISSIONAIS Nº 16 - CONCURSO PÚBLICO 001/2014 O Prefeito Municipal de Arapoti, Braz Rizzi, torna pública a convocação para a os Exames Médicos Admissionais, conforme item 14 do Edital 01/2014 e condições previstas nesse edital. I – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1. DOS EXAMES MÉDICOS ADMISSIONAIS 1.1. Os exames médicos admissionais serão realizados aos candidatos considerados aprovados neste Concurso Público, inscritos no cargo de Educador Infantil. 1.2. O não c omparecimento aos exames médicos admissionais agendados ou a inexistência de conclusão, sem justicativas comprovadas

e dentro do prazo previsto, caracterizarão desistência do processo e ensejarão eliminação do candidato do concurso. 1.3. Serão realizados os s eguintes exames: EMPREGO EXAME Clínico, Acuidade Visual e EPF. Educador Infantil 2 – Da data, do horário e do local de AGENDAMENTO DOS EXAMES MÉDICOS ADMISSIONAIS e laboratoriais 2.1. Os exames médicos admissionais serão realizados pela MedicSeg Medicina e Segurança do Trabalho, com instalações na Rua Moisés Lupion, n° 374, sala 02, Centro, Arapoti/PR (junto a Jurimed), conforme descrito abaixo: 2.1.1. Agendamento dos Exames: Clínico, Acuidade Visual e EPF. Data: 21/01/2016 Início do agendamento: 8 h Candidatos: descritos nos anexos I e II. 2.2. Não haverá segunda chamada para realização dos exames sob nenhuma hipótese. 2.3. O candidato deverá comparecer ao local munido do original de um dos seguintes documentos de identicação: Cédula de Identidade (RG),

ou Carteira de Ór gão ou Conselho de Classe ou Cart eira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou Certicado Militar ou Carteira Nacional de

Habilitação ou Passaporte, dentro do prazo de validade. 2.4. No ato do exame, o candidato deverá assinar o Te Termo rmo de Comparecimento. 2.5. Os candidatos serão encaminhados pela MedicSeg para os locais de realização dos exames laboratoriais. 2.6. O descumprimento do descrito nos subitens anteriores poderá acarretar a eliminação do candidato deste c ertame. ANEXO I Educador Infantil Classicação

Nome

04

Suelen Lupochinick

05

Yasmin Baltazar de Souza

06

Luciana Faria

07

Andreia Aparecida da Silva

08

Juciane Terezinha do Prado

09

Ana Maria Galvão Assis

10

Luciane Nunes Mota

ANEXO II Educador Infantil * Classicação Afrodescendente Classicação

17

Nome *Cristiane Aparecida Vieira

PAÇO MUNICIPAL Vereador Vereador CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, em 19 de Janeiro de 2016. Braz Rizzi Prefeito Municipal PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-3 75.658.377/0001-311 EXTRATO TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO Despacho do Prefeito Municipal De 15/01/2016 Homologando e Adjudicando o procedimento licitatório realizado na modalidade de Pregão Presencial sob o n° 130/2015 a empresa: Empresa Valor (R$) Super Cap recauchutadora de Pneus R$186.460,00 Objeto: Contratação de empresa especializada para realizar serviços de recapagem de pneus.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-3 75.658.377/0001-311 EXTRATO DE ATA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Ata de Registro de Preços n° 006/2016. Pregão Presencial (Registro de Preços) n° 130/2015. Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti. Contratada: Super Cap Recauchutadora de Pneus Ltda. Itens Registrados:

EDITAIS CÂMARA DE ARAPOTI

Item Descrição Quant. Und Valor Unit. R$ Valor Total R$ 01 Recapagens de pneu 1.000x20 borrachudo 16 lonas   40,00 Unid. 500,00   20.000,00 02 Recapagens de pneu 1.000x20 liso 16 lonas   40,00 Unid. 490,00 19.600,00 03 Recapagens de pneu 900x20 borrachudo 14 lonas   20,00 Unid. 470,00 9.400,00 04 Recapagens de pneu 900x20 liso 14 lonas   20,00 Unid. 460,00 9.200,00 05 Recapagens de pneu 750x16 borrachudo 10 lonas   20,00 Unid. 300,00 6.000,00 06 Recapagens de pneu 750x16 liso 10 lonas   20,00 Unid. 290,00 5.800,00 07 Recapagens de pneu 1.300x24 14 lonas 30,00 Unid. 1.100,00 33.000,00 08 Recapagens de pneu 16x9-24   6,00 Unid. 1.300,00 7.800,00 09 Recapagens de pneu 1000x20 radial 16 lonas   30,00 Unid. 540,00 16.200,00 10 Recapagens de pneu 19.5-24   10,00 Unid. 1.650,00 16.500,00 11 Recapagens de pneu 1400x24   30,00 Unid. 1.300,00 39.000,00 12 Recapagens de pneu 12.16-5   6,00 Unid. 660,00 3.960,00 Validade da Ata de Registro de Preços: 12 meses. Data da assinatura: 16/01/2016. PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31 EXTRATO - 4º TERMO ADITIVO Contrato n° 253/2013-PMA. Pregão n° 77/2013-PMA. PREFEITURA MUNICIPAL DE Contratantes:   ARAPOTI/FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL. Contratada: EPV SEGURANÇA PATRIMONIAL LTDA-EPP. Objeto: O presente Termo Aditivo tem por objeto o reajuste de valor do Contrato, conforme IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado/2013/2014), no percentual de 18,93%, passando o valor contratual mensal de R$ 31.343,80 (Trinta e Um Mil Trezentos e Quarenta e Três Reais e Oitenta Centavos), para R$ 37.277,18 (Trinta e Sete Mil Duzentos e Setenta e Sete Reais e Dezoito Centavos), o que corresponde a um acréscimo de R$ 5.933,38 (Cinco Mil Novecentos e Trinta e Três Reais e Trinta e Oito Centavos), no valor total do contrato, nos termos do § 5°, art. 65 da Lei nº 8.666/93. Da supressão: O presente Termo Aditivo tem como objetivo a supressão dos serviços contratados pelo Fundo Municipal de  Assistência Social: 20078 - Serviços De Monitoramento Galpão Solidariedade. Disposições finais:  Permanecem inalteradas as demais cláusulas do Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo. Data da assinatura: 10/12/2015.

CÂMARA DE ARAPOTI EXTRATO DO ADITIVO Nº 01 / 2016 AO CONTRATO Nº 02 / 2014 PROCESSO Nº 03 / 2016 OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de manutenção de TI. CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI CONTRATADA: RICARDO GABRIEL DE PAULA CNPJ: 17.003.466/0001-43 VALOR TOTAL: TOTAL: R$ 13.065,12 (treze mil e sessenta e cinco reais e doze centavos). VIGÊNCIA: 21.01.2016 a 21.01.2017 ELEMENTO DE DESPESA: 01.001.01.031.0045.2.001.3.3.90.39.00.0 01.001.01.031.0045.2.001.3.3.90.39.00.0 0 – OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – PESSOA JURÍDICA. ASSINAM: WESLEY CARNEIRO ULRICH – pela CONTRATANTE RICARDO GABRIEL DE PAULA – pela CONTRATADA CONTRATADA

B1

B2 EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED. 1474

CÂMARA DE ARAPOTI

JABOTI

JUNDIAÍ DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI CNPJ: 75.969.667/0001-04 Praça Minas Gerais - Paço Municipal - Fone/fax: (0xx43) 3622-1122 CEP: 84.930-000 - Jaboti – Paraná DECRETO 01/2016 O Prefeito Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, e em conformidade com a Lei Municipal nº 51/2015 de 23 de Novembro de 2015, D E C R E T A: A:  Art . 1o - Fica aberto no orçamento geral do exercício de 2016, um crédito adicional Suplementar, no valor de R$ 3.800,00 (Três Mil, e itocentos Reais) conforme especicação a seguir:

04; SECRETARIA MUNICIPAL DE VIAÇÃO OBRAS URBANISMO E SERVIÇOS SERVIÇOS ; Acréscimo; 3.800,00 04.001; SECRETARIA DE OBRAS E SERVIÇOS PUBLICOS; Abertura 26.782.0004.2010; 26.782.0004.201 0; CIDE; Super ávit Financeir o Vinculado 3.3.90.30.00.00; 3.3.90.30.00. 00; MATERIAL DE CONSUMO 850; 00512; CIDE (Lei 10866/04, 10866/04, art. 1ºB) Crédito adicional:; adicional:; Suplementar; Recurso do crédito crédito adicional:; adicional:; Superávit Financeiro Total.................... Total............ ........ R$ 3.800,00  Art . 2º 2º - Os recursos destinados a cobertura de créditos adicional suplementar de que trata o artigo primeiro, decorrerá do supervit nanceiro de recurso vinculado, no valor de R$ 3.800,00 (Três Mil e Oitocentos Reais), previsto na Lei Federal 4.320/64, 4.320/64, artigo 43, parágrafo 1º, inciso I. 850; 00512; CIDE (Lei 10866/04, 10866/04, art. 1ºB) 3.800,00 Total.....................R$ 3.800,00  Art   Este ecreto entra em vigor na data de sua pulicação, cando revogadas as disposiçes em contrrio

Jaboti, 20 de Janeiro de 2016. VANDERLEY DE SIQUEIRA E SILVA - Prefeito Municipal – EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 23/2016 – REFERENTE AO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014 PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DO QUADRO DE SERVIDORES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI – PR. O Prefeito Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o Edital de Resultado Final nº 11/2014 do Concurso Público nº. 01/2014, MGA no dia , pulicado no dirio ocial

do município dia 26/06/2014, 26/06/2014, considerando rigorosamente a ordem de classicação, CONVOCA os candidatos classicados abaixo relacionados, para se apresentar no período de 20 de  janeiro de 2016 2016 a 12 de de fevereiro de 2016, no no setor de RecurRecursos Humanos da Prefeitura Municipal de Jaboti, sito à Praça Minas Gerias 175, Centro da cidade de Jaboti – PR, no horário das 08h00min às 11h30min e das 13h00min as 16h00min, munidos dos documentos descritos nos anexos II a VI do Edital de Convocação nº 001/2014.  Disponível no site da Prefeitura Municipal de Jaboti, no endereço eletrônico www.jaboti.pr.gov. br . CARGO: AGENTE COMUNITARIO SAUDE INSC 1000075 1421420 1451476 1451806 1451850

NOME Elaine Silva de Sousa Camila Luvizeto Goulart Mara Inocência Festa Renata Aparecida de Siqueira Vandira Camila da Silva

NOTA TIT

FINAL

CLASS

85,00

85,00



72,50

72,50



70,00

70,00



67,50

67,50



67,50

67,50



 não comparecimento dentro do prao estaelecido na convocação ou a apresentação dentro dos praos estaelecidos para a contratação, porém, sem satisfaer as exigências previstas neste Edital, implicar a inailitação do candida-

to, reservando-se à Prefeitura Municipal o direito de convocar o

MENTAR Nº 101, DE 04/05/00, DECRETA : Art. 1º - Ficam estabelecidos os limites para movimentação de empenho e para pagamentos relativos às dotações constantes da Lei Orçamentária  para o exercício de 2016, e aos Restos a Pagar inscritos até o exercício de 2015, na forma discriminada nos Anexos I e II deste Decreto. Art. 2º - Os créditos suplementares e especiais que vierem a ser abertos neste exercício, bem como os créditos especiais reabertos, terão sua execução condicionada aos limites xados à conta das f ontes de recursos correspondentes. Art. 3º - A realização de despesa à c onta de recursos vinculados somente  poderão ocorrer respeitadas as dotações aprovadas, até o limite da efeefetiva arrecadação das receitas correspondentes. Art. 4º - A despesa com pessoal e encargos sociais não poderá exceder a 60% da Receita Corrente Líquida, nos termos da Lei Complementar nº 101, de 2000. Parágrafo Único – Somente será admitida despesa superior ao limite estabelecido no caput deste artigo com o objetivo de pagamento da folha com o pessoal efetivo. Art. 5º - Não serão objeto de limitação as despesas destinadas ao  pagamento do serviço da dívida e as ressalvadas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias. Art. 6º - Os recursos nanceiros correspondentes aos créditos orçamenorçamentários consignados na Lei Orçamentária para o exerc ício de 2016 para o Poder Legislativo, e seus créditos adicionais, ser-lhe-ão entregues até o dia 20 de cada mês, em obediência ao art. 168 da Constituição Federal, conforme dispõe o art. 29-A da Constituição Federal.

JUNDIAÍ DO SUL DECRETO Nº 001/2016, DE 20 DE JANEIRO DE 2016

119.790,00 570.000,00  741.125,40 46.585,00 46.800,00 34.346,00 1.000,00 129.800,00 265.000,00 16.2 16 .238 38.3 .325 25,0 ,000 12.0 12 .049 49.2 .268 68,0 ,000 9.196.000,00 181.500,00 96.300,00 181.500,00 726.198,00 496.550,00 271.100,00 900.120,00

119.790,00 570.000,00  741.125,40 46.585,00 46.800,00 34.346,00 1.000,00 129.800,00 265.000,00 16.2 16 .238 38.3 .325 25,0 ,000 12.0 12 .049 49.2 .268 68,0 ,000 9.196.000,00 181.500,00 96.300,00 181.500,00 726.198,00 496.550,00 271.100,00 900.120,00

2.75 2. 758. 8.05 057, 7,00 00 2.262.700,00 126.445,00 69.212,00 80.400,00 219.300,00 102.000,00 1.329.000,00 795. 79 5.70 700, 0,00 00

2.75 2. 758. 8.05 057, 7,00 00 2.262.700,00 126.445,00 69.212,00 80.400,00 219.300,00 102.000,00 1.329.000,00 795. 79 5.7700 00,0 ,000

Art. 7º - As medições para liberação de pagamento de obras em execução deverão informar o percentual da execução física da obra, para avaliação do serviço de engenharia da Prefeitura Municipal.

( - ) Deduções das Receitas Correntes

- 2.40 2.403.4 3.471, 71,40 40

- 2.40 2.403.4 3.471, 71,40 40

Art. 8º - O serviço de contabilidade da Prefeitura Municipal adotará as  providências necessárias ao bloqueio provisório das dotações orçamenorçamentárias constantes da Lei nº 480/2015, de 08 de Dezembro de 2015 (Lei Orçamentária Anual), cujas ações dependam de procedimentos complementares que viabilizem a sua execução orçamentária e nanceira.

RECEIT RECE ITAS AS DE CA CAPI PIT TAL Operações de Crédito

100. 10 0.00 000, 0,00 00 100.000,00

100. 10 0.0000 00,0 ,000 100. 00 000,00

TOTAL DA RECEITA CONSOLIDADA

16.685 16. 685.00 .000,0 0,000

16.685 16. 685.00 .000,0 0,000

Art. 9º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

CAPÍTULO II

Prefeitura Municipal de Jundiaí do Sul, 20 de Janeiro de 2016

DA FIXAÇÃO DA DESPESA

 _______________________   _______________________  Sebastião Egídio Leite Prefeito Municipal

DA DESPESA TOTAL

* Publicado e registrado na Secretaria da Prefeitura do Município de Jundiaí do Sul, na data supra. Os Anexos I e II deste Decreto e starão publicados no Portal de Transparência e no Átrio da P refeitura Municipal. MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ DO SUL LEI Nº 480/2015 SÚMULA: “Estima a Receita e xa a Despesa do Município de JUNJUNDIAÍ DO SUL para o exercício nanceiro de 2016”. A CÂMARA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU E EU, SEBASTIÃO EGÍDIO LEITE, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI : TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES COMUNS ARTIGO 1º - O orçamento scal do município de JUNDIAÍ DO SUL, Estado do Paraná, para o exercício nanceiro de 2016, abrangendo os órgãos de administração direta, e fundos municipais, estima a Receita e xa a Despesa em R$ 16.685.000,00 (Dezesseis milhões e seiscentos e oitenta e cinco mil reais). TÍTULO II DO ORÇAMENTO FISCAL

prximo candidato da lista de classicação

Jaboti, 20 de janeiro ja neiro de 2016. Vanderley Vand erley de Siqueira e Silva. Prefeito Municipal.

IPTU IRRF ITBI ISS Taxas Contribuição de Melhoria Receita de Contribuições Receita Patrimonial Receita de de Serviços Tran Tr ansf sfer erên ênci ciaa Corre Corrent ntes es Tran Tr ansf sfer erên ênci cias as da da Uniã Uniãoo FPM ITR  Compensação Financeira (royalties) Lei Complementar 87/96 Transf. SUS – FMS Transf. FNAS Transf. FNDE Outras Transf. da União Tran Tr ansf sfer erên ênci cias as do Es Esta tado do ICMS IPVA IPI Transf. FMS Outras Transf. do Estado Convênios FUNDEB Outr Ou tras as Rec Recei eita tass Corr Corren enttes

CAPÍTULO I DA ESTIMATIVA DA RECEITA ARTIGO 2º - A Receita do Orçamento Fiscal decorrerá da arrecadação de tributos próprios e transferidos e demais Re ceitas Correntes e de Capital, na forma da legislação vigente e de acordo com o seguinte desdobramento:

Dispõe sobre a Programação Financeira e o Cronograma de Execução Mensal de Desembolso, conforme o art. 8º da Lei Complementar nº 101, de 4 de Maio de 2000.

DISCRIMINAÇÃO

2016

TOTAL

SEBASTIÃO EGÍDIO LEITE, PREFEITO MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL, ESTADO DO PARANÁ, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES E DE ACORDO COM O ART. 8º DA LEI COMPLE-

RECEIT RECE ITAS AS COR CORRE RENT NTES ES Receitas Tributárias

18.988 18.9 88.4 .471 71,4 ,400 1.558.646,40

18.988 18.9 88.4 .471 71,4 ,400 1.558.646,40

ARTIGO 3º - A Despesa do Orçamento Fiscal será realizada segundo as discriminações previstas na legislação em vigor, conforme o seguinte desdobramento: DESPESAS COM RECURSOS DO TESOURO E DE OUTRAS FONTES

I – Poder Legislativo 01 - Câmara Municipal II – Poder Executivo 02 – Gabinete do Prefeito 03 – Procur Procuradori adoriaa Geral Geral do Munic Município ípio 04 – Controladoria Geral do Município 05 – Departamento Municipal de Administração 06 – Departamento Municipal de Planejamento e Orçamento 07 – Departamento Municipal de Finanças 08 – Departamento Municipal de Agricultura/Abastecimento  e Meio Ambiente 09 – Departamento Municipal de Educação 10 – Departamento Municipal de Cultura 11 – Departamento Municipal de Esportes e Lazer  12 – Departamento Municipal de Saúde 13 – Departamento Municipal de Saneamento 14 – Departamento Municipal de Assistência Social 15 – Departamento de Habitação, Urbanismo e Obras Públicas 16 – Departamento Municipal de Transporte Rodoviário 99 – Reserva de Contingência

R$ R$ R$ R$ R$ R$

           

680.000,00 680.000,00 16.005.000,00 242.000,00 128.424,00 129.712,00

R$

 

1.129.398,00

R$

 

174.482,00

R$

 

581.405,00

R$

 

401.774,00

R$

 

4.196.170,00

R$

 

351.004,00

R$

 

90.074,00

R$

 

3.489.388,00

R$

 

133.100,00

R$

 

1.190.100,00

R$

 

1.974.250,00

R$

 

1.625.624,00

R$

 

168.095,00

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED. 1474

TOTAL DA DESPESA DO ORÇAMENTO FISCAL

R$

16.6 16 .685 85.0 .000 00,0 ,000

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL         –                 –   –   

CAPÍTULO III DA AUTORIZA ÇÃO PARA PARA ABERTU RA DE CRÉDITOS ADICIONAIS SUPLEMENTARES ARTIGO 4º - A despesa xada está distribuída por categorias econmieconmicas, funções de governo e programa de trabalho de conformidade com os anexos 02, 04, 0 e 0 integrantes desta lei. ARTIGO 5º - São aprovados os Planos de Aplicação dos seguintes Fundos Municipais de contabilização centralizada, nos termos do parápará grafo 2º do artigo 2º da Lei Federal 4.320/64, de 1 de março de 164, inseridos no orçamento geral do município: I – do Fundo Municipal de Sade, que xa sua despesa para o exercício de 2016 em R$ 3.38.488,00 (Três milhões, Novecentos e trinta e oito mil e quatrocentos e oitenta e oito reais) II – do Fundo Municipal de Assistência Social, que xa sua despesa  para o exercício de 2016 em R$ 1.222.100,00 (Um milhão, duzentos e vinte e dois mil e cem reais). ARTIGO 6º - Fica o poder executivo municipal autorizado a abrir crédicréditos adicionais suplementares ao orçamento da administração e do Fundo Municipal até o limite de 30% (trinta por cento) do total geral do orçaorçamento, servindo como recursos para tais suplementações, quaisquer das formas denidas no parágrafo 1º do ar tigo 43, da lei Federal 4.320/64, de 1 de março de 164.

B3 Fls. 1

ERRATA

 No Edital de Processo Seletivo Simplificado Simplificado nº. 001/2016, publicado publicado no Jornal Folha Extra, Edição nº. 142 de 1/01/2016: Onde se Lê: Cargo

Vagas

jornada

03

20/S

Cargo

Vagas

jornada

Professor Educação Infantil

03

20/S

Professor Educação Infantil

Salário 1.126,70

Taxa R$

Salário 1.254,69

Taxa R$

Isenta

Leia-se:

Isenta

Jundiaí do Sul, 1 de 1 de janeiro  janeiro de 2016. 2016. Sebastião Egidio Leite Prefeito Municipal

Parágrafo Único – Fica o poder legislativo municipal autorizado a  proceder a abertura de créditos adicionais suplementares através de resolução até o limite previsto no caput deste artigo, servindo como recurso para tais suplementações somente o cancelamento de dotações de seu próprio orçamento. ARTIGO º - Fica o executivo autorizado a proceder por decreto até o limite de 30% (trinta por cento) das dotações denidas neste orçaorçamento, a compensação, conversão ou criação de fontes de recursos ordinários, vinculados ou próprios dos projetos/atividades/operações especiais e das obras, sem lhes alterar o valor global, com a nalidade de assegurar a execução das programações denidas nesta lei. Não serão computados nestes limites os créditos adicionais abertos com base no artigo 6º desta lei. ARTIGO 8º - Fica também autorizado, não sendo computado para  ns do limite de que trata o artigo anterior, o re manejamento de dotações: I – entre os elementos, grupos e categorias de programação de despesa dentro de cada projeto ou atividade II – entre as fontes de recursos livres e/ou vinculados dentro de cada  projeto ou atividade para ns de compatibilização com a efetiva disdis ponibilidade dos recursos. ARTIGO º - Na abertura dos créditos adicionais autorizados no artigo 6º ou decorrentes de autorizações especícas com recursos provenienprovenientes de cancelamentos de dotações orçamentárias, cam autorizados o executivo e o legislativo municipal a efetuar o remanejamento, transtrans  posição ou transferência de dotações de uns para outros órgãos, fundos ou categorias de programação dentro da respectiva esfera de governo. ARTIGO 10º - O poder executivo ca ainda autorizado a tomar as medidas necessárias para manter os dispêndios compatíveis com o comportamento da receita, nos termos da legislação vigente e a realizar operações de crédito até o limite xado nos dispositivos legais vigentes. ARTIGO 11º - A Reserva de Contingência, além de atender as determideterminações da letra “b”, do inciso III, do art. 5º, da Lei Complementar FedFederal nº. 101, de 04 de maio de 2000, também poderá ser utilizada como recurso para abertura de Cr éditos Adicionais Suplementares e Especiais. ARTIGO 12º - Fica autorizado o Executivo Municipal a readequar a codicação de órgãos, unidades orçamentárias, classicação funcional e outras relacionadas a previsão da receita e a xação da despesa constanconstantes dos anexos integrantes do orçamento scal e seguridade social para o exercício de 2016 aprovados por esta lei, visando a compatibilização dos mesmos com o Plano Plurianual de Investimentos 2014/201 (Lei Municipal 453/2013 de 26./11/2013) e com a Lei de Diretrizes OrçaOrça mentárias (Lei nº 4/2015 de 15/0/2015) e com o layout do sistema SIM-AM 2015 denido pelo Tribunal Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Parágrafo Único:- A readequação será formalizada por decreto do Executivo Municipal e deverá proceder a republicação dos quadros, anexos e demonstrativos que integram os orçamentos aprovados. TÍTULO III DAS DISPOSIÇÕES FINAIS ARTIGO 13º - Esta lei entrará em vigor em 01 de janeiro de 2016. Jundiaí do Sul, 08 de Dezembro de 2015.  _______________________   _______________________  Sebastião Egídio Leite Prefeito Municipal Obs : Os Anexos I e II desta Lei estarão publicados no Portal de Transparência e no trio da Prefeitura Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO ADMINISTRATIVO PARA ABERTURA DE LICITAÇÃO Nº 019/2015 PREGÃO PRESENCIAL nº 017/2015 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO POR LOTE ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELO REGISTRO: PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL VALIDADE DA ATA: 01 (um) ano. OBJETO: aquisição de peças novas de 1º linha  destinadas a vários departamentos da administração a serem retiradas de acordo com a necessidade LOTES

DEPARTAMENTO REQUISITANTE

VEÍCULO

VALOR R$

EMPRESA VENCEDORA

LOTE LO TE I

DEPART DEP ARTAM AMENT ENTO O MUNIC MUNICIPA IPAL L DE EDUC EDUCAÇÃ AÇÃO O E CULT CULTURA URA

MICRO MIC RO ÔNIB ÔNIBUS US IVEC IVECO O - AVL AVL 3677 - 2012 2012/20 /2013 13 - ARK ARK 2568 2568 - 2009 - AVX 2902 – 2012

9 7. 7.0 00 00 ,0 ,00

UNIÃO EQUIPAMENTOS RO RODOVIÁRIOS LTDA EPP

ÔNIBUS ÔNIB US - VW 15190EO 15190EOD D – PLAC PLACA A AWN 3182/Ô 3182/ÔNIBU NIBUS S VW 16180 – PLACA 6086 - ANO 1995

2 9. 9.8 00 00 ,0 ,00

MICRO ÔNIBUS VOLARE VOLARE A5 - ANO 2004 - PLACAS AMA 4497

1 8. 8.0 00 00,00

LOTE II

LOTE LO TE III III

DEPARTAME DEPAR TAMENTO NTO MUNI MUNICIPA CIPAL L DE EDUCA EDUCAÇÃO ÇÃO E CULT CULTURA URA

DEPART DEP ARTAM AMENT ENTO O MUNIC MUNICIPA IPAL L DE EDUC EDUCAÇÃ AÇÃO O E CULT CULTURA URA

CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAMENTOS RO RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAME NT NTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

B4 EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED. 1474

JUNDIAÍ DO SUL

LOTE LO TE VI

LOTE LO TE V

LOTE VI

LOTE VI VII

LOTE LO TE VI VIIIII

LOTE XI

DEPART DEP ARTAM AMENT ENTO O MUNIC MUNICIPA IPALL DE EDUC EDUCAÇÃ AÇÃO O E CULT CULTURA URA

DEPART DEP ARTAM AMENT ENTO O MUNIC MUNICIPA IPALL DE EDU EDUCAÇ CAÇÃO ÃO E CULT CULTURA URA

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

DEP EPAART RTAAMEN ENTO TO MUNI MUNICIP IPAAL DE DE TR TRANS NSPO PORT RTEES

DEPA DE PART RTAM AMEN ENTO TO MU MUNI NICI CIPA PALL DE DE TRA TRANS NSPO PORT RTEE

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

MICRO ÔNIBUS MB LO 812 - ANO 2009 - PLACAS ARL 4806

1 6. 6.5 00 00 ,0 0

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LT LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

ONIBUS MB1318 - ANO 1992 - PLACAS BWB 7363

BATAGUACU CURITIBA CURITIBA PECAS P MAQUINAS LTDA – EPP 24.200,00

CNPJ/MF: 84.880.137/0001-78

MICRO-ÔNIBUSS VOKSWAGEN 8120 - ANO 2009 MICRO-ÔNIBU PLACAS ARH 1469

1 8. 8.0 00 00 ,0 0

UNIÃO EQUIPAMENTOS RO RODOVIÁRIOS LTDA EPP

CAMI CA MINHÃO N HÃO BAS ASCU CULLAN ANTE TE GMC 12 121170 - ANO ANO 19 1998 98 PLACAS AII 3645

3 2. 2.5 00 00 ,0 0

CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAMENTOS RO RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

CAMI CA MINH NHÃO ÃO FO FORD RD CA CARG RGO O 24 2423 23 – Ano Ano 20 2012 12/2 /201 0133 – Pl Plac acaa  – AVX 3586

3 1. 1.9 00 00 ,00

MOTONIVELADORA CATERPILLAR 120B

16.600,00

UNIÃO EQUIPAMENTOS RO RODOVIÁRIOS LTDA E PP PP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

CAVALARI – MOTORES E EQUIPAMENTOS LTDA CNPJ: 08.0.343/0001-0

LOTE X

DEPARTAMENTO MU MUNICIPAL DE DE TR TRANSPORTE

MOTONIVELADORA CA CATERPILLAR 12 120 K - AN ANO 20 201 3

3 0. 0.6 00 00,00

BATAGUACU CU CURITIBA PE PECAS P MAQUINAS LT LTDA – EPP CNPJ/MF: 84.880.137/0001-78

LOTE XI

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

MOTONIV. HUBER WARCO 165-S

37.800,00

BATAGUACU CURITIBA PECAS P MAQUINAS LTDA – EPP CNPJ/MF: 84.880.137/0001-78

LOTE XII

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

PÁ CARREGADEIRA CASE W20E

36.700,00

CAVALARI – MOTORES E EQUIPAMENTOS LTDA CNPJ: 08.0.343/0001-0

LOTE XIII

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

RETROESCAVADEIRA MF86

16.000,00

BATAGUACU CURITIBA PECAS P MAQUINAS LTDA – EPP CNPJ/MF: 84.880.137/0001-78

LOTE XIV

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

RETRO ESCAVADEIRA JCB 214C

22.000,00

BATAGUACU CURITIBA PECAS P MAQUINAS LTDA – EPP CNPJ/MF: 84.880.137/0001-78

LOTE XV

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE DE TRANSPORTE

ÔNIBUS VOLVO B58

42.300,00

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

LOTE XVI XVI LOTE XVII

DEPA DE PART RTAAMEN ENTTO MU MUNICIP IPAAL DE DE TR TRAN ANSP SPO ORT RTEE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

ÔNIBU BUSS SC SCAN ANIIA 112 112 AN ANO O 198 19888 – PL PLACA BYG 93 9310 10 – Freio a Ar 

32.4 32 .400 00,0 ,000

CAMINHÃO VOLKS 13180 - ANO 2011/12

56.000,00

BATA BA TAGU GUAC ACUU CUR CURIT ITIB IBAA PEC PECAS AS P MAQ MAQUI UINA NASS LTD LTDAA – EP EPPP CNPJ/MF: 84.880.137/0001-78

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

LOTE XV XVIIII

DEPA DE PART RTAM AMEN ENTTO MU MUNI NICIP IPAAL DE TRA RANS NSPO PORRTE

CAM AMIN INHÃ HÃO O FO FORRD AVX 35 3586 86 ANO 20 2012 12 MO MODD. 24 2423 23

45..70 45 700, 0,00 00

UNIÃ UN IÃO O EQ EQUI UIPAM P AMEN ENTTOS RODO DOVI VIÁRIOS LTD TDAA EP EPPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

LOTE XIX

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRANSPORTE

CAMINHÃO MB 2 72 72 9 - ANO 20 14 14 - PLACA AYG - 3 17 173

2 8. 8.0 00 00,00

UNIÃO EQUIPAME NT NTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

LOTE XX

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE URBANISMO

CAMINHÃO MB 608 ANO 1982 PL PLACA - AIJ 22 2236

16.500,00

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

LOTE LO TE XXI

LOTE LO TE XX XXIIII

LOTE XXI XXIII

LOTE XXIV

LOTE XXV

LOTE XX XXVI

DEPART DEP ARTAM AMENT ENTO O MUN MUNICI ICIPAL P AL DE URB URBANI ANISMO S MO

DEPA DE PART RTAM AMEN ENTO TO MU MUNI NICIPA C IPALL DE UR URBA BANI NISM SMO O

DEP EPAR ARTA TAM MEN ENTTO MU MUNNICIPAL P AL DE URB RBAN ANIS ISM MO

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE

DEPARTAMENTO MU MUNICIPAL DE DE SA SAÚDE

CAMIN CAM INHÃO HÃO AGR AGRALE ALE DX 7.00 7.0000 ANO 199 19977 - PLA PLACAS CAS AHI 8176

1 6.6.000,00

CAMINH CAMI NHÃO ÃO FO FORD RD CA CARG RGO O 13 1317 17 - AN ANO O 20 2011 11/1 /122 - PL PLAC ACAS AS AUX 9553/COLETOR DE LIXO

3 7. 7.000,00

CAM AMIN INHÃ HÃO O FO FORD RD F12 1200 0000 - AN ANO O 19 19996 - PL PLAACA CASS AG AGY 4755

5 2. 2.500,00

AMBULÂNCIA RENAULT MASTER ANO 2010/11 PLACAS ASY 5673 ASP 4274

3 3. 3.500,00

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOV IÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

AMB. DUCATO ANO 2005 - PL PLACAS AMT 7446 / ANO 2014 - PLACAS AYW 4963

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP 21.000,00

MICRO-ÔNIBUS VO VOKSWAGEN 81 8120 - ANO 20 2009 PLACAS ARH 1469

CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP 18.000,00

TOTAL GERAL

CNPJ/MF: 00.545.887/0001-01

826.500,00

Ficando o resultado assim sintetizado: EMPRESAS VENCEDORAS

CNPJ/MF

LOTES

VALOR R$

BATAGUACU CURITIBA BA PECAS P MAQUINAS LTDA – EPP

84.880.137/0001-78

     e 

13.00000

CAVALARI – MOTORES E EQUIPAMENTO EQUIPAMENTOSS LTDA

08.0.343/0001-0

  e  

53.30000

UNIÃO EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS LTDA EPP

00.5 00 .545 45.8 .887 87/0 /000 0011-01 01

                                  

10.0000

TOTAL GERAL

PERFAZENDO UM VALOR VALOR TOTAL ENTRE TODOS LOTES EM R$ 826.500,0 826.500,000 (oitocentos e vinte e seis mil e quinhentos quinhentos reais)

Jundiaí do Sul , 18 de janeiro de 2016. 2016.

Sebastião Egidio Leite Prefeito Prefe ito Municipal

826.500,00

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED. 1474

B5

PINHALÃO DECRETO Nº 003 de 20 de janeiro de 2016. Declara situação de emergência nas áreas do município afetadas por Enxurradas (12200). O Senhor or Claudinei Benetti, Benetti, Prefeito do município município de PinPinha lão, localizado no no estado do Paraná, Paraná, no uso das atribuições atribuições legais conferidas pela lei orgânica do Município e pelo Inciso IV do artigo 8º da Lei Federal nº 12.608 de 10 de Abril de 2012, CONSIDERANDO:  ue ocorreu chuvas torrenciais que vem sido corrida desde o dia 08 de janeiro de 2016, por estimativa com media de mais de 80 mm dia, nalizando no dia 11 de janeiro. Os tipos de desastres ocorridos no município em conta das fortes chuvas são enxurradas que acabou danicando toda a área viária do município, como rompimento de pontes, aterros, deslocamento de manilha s, pedras fora fora das estradas, estradas, afetando as as áreas descridescritas no Formulário de Informaçõe Informaçõess do Desastre (FIDE) anexo ao presente Decreto:  Como consequência desse desastre resultaram os danos hum anos, materiais um materiais e ambientais e os prejuízos prejuízos públicos e  privados descritos descritos no formulário formulário FIDE anexo anexo a este Decreto Decreto  ue o parecer da COMPDEC municipal relatando a ocor ocor rência desse desastre é favorável à declaração de Situação de Emergência. DECRETA: Art. 1º. Fica declarada Situação de Emergência nas áreas do município contidas no Formulário de Informações de Desastre (FIDE) e demais documentos anexos a este Decreto, em virtude do desastre classicado e codicado como Enxurradas (12200). Art. 2º. Autoriza-se a mobilização de todos os órgãos munici pais para atuarem atuarem sob a coordenação coordenação da COMPDEC municimunici pal, nas ações ações de resposta resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução. Art. 3º. Autoriza-se a convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanha campanha s de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada afetada pelo desastre, sob a coordenação da COMPDEC municipal. Art. 4º. De acordo com o estabelecido nos incisos XI e XXV do artigo nº 5 da Constituição Federal, autoriza-se autoriza-se as autoridades administrativas administrativas e os agentes da Defesa Civil, direta mente responsáveis pelas ações de resposta ao desastre e em caso de risco iminente, a: Penetrar nas casas, para prestar socorro ou para determinar a  pronta evacuação evacuação Usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo  público, assegurada assegurada ao proprietário proprietário indenização indenização posterior posterior se houver dano Parágrafo único: Será responsabilizado o agente da Defesa Civil ou autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações, relacionadas relacionadas com a segurança global da população. Art. 5º. De acordo com o estabelecido no Artigo Artigo 5º do Decreto-Lei nº 3.365 de 21 de Junho de 1941, autoriza-se autoriza-se o início dos processos de desapropriação, por utilidade pública, de  propriedades particulares comprovadam comprovadamente ente localizadas localizadas em áreas de risco intensicado de desastre.  1º. No processo de desapropriação, deverão ser consideradas a depreciação e a desvalorização que ocorrem em propriedades localizadas em áreas inseguras.  2º. S empre que possível essas propriedades serão trocadas  por outras situadas situadas em áreas áreas seguras, e o processo de desmondesmontagem e reconstrução das edicações, em locais seguros, será apoiado pela comunidade. Art. 6º. Com base no Inciso IV do artigo 24 da Lei nº 8.666 de 21 de Junho de 1993, sem prejuízo das restrições da Lei Lei de Responsabilidade Responsabilida de Fiscal (LC 101/2000), cam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e obras relacionadas com a reabilitação do cenário de desastre, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de cento e oitenta dias (180) consecutivos e ininterruptos, contados à  partir da caracterização caracterização do desastre e sendo sendo vedada vedada a prorroga ção dos contratos. Art. º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, devendo vigorar por 180 dias. REGISTRE-SE, PULIUE-SE, CUMPRA-SE. Gabinete do Prefeito, Claudinei Benetti - Prefeito Municipal EXTRATO DO CONVÊNIO 02/2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Convênio Nº: 02/2016 Convenente..:: PREFEI Convenente.. PREFEITURA TURA MUNICIPAL DE PINALAO Conveniada: CONSRCIO INTERGESTORES PARAN SAÚDE Vigência.: Início: Início : 21/01/2016 Término: 21/01/2017. alor: R$ 0.000,00 (noventa mil reais) Dos recursos: Dotação Orçamentária n.º 305 – 1303 – 3.3.90.32.00.00.00.00 Objeto: O presente Termo tem por objetivo operaciona operacionalizar lizar ações de Assistência Farmacêutica, através da aquisição e distribuição de medicamentos essenciais, à população usuária do SUS (Sistema Único de Saúde). Pinha lão, 21 de janeiro janeiro de de 2016. 2016. ESTADO DO PARAN PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL Contrato Nº..: 2/2016 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Contratada...: AUILES ANELI alor............: 25.200,00 (vinte e cinco mil e duzentos reais) Vigência.......: Vigên cia.......: Início: 20/01/2016 Término: 31/12/2016 Licitação......: Dispensa de Licitação p/ Compras e Serviços  Nº.: 1/2016 Recursos.....: Dotação: 2.044.3.3. 2.044.3.3.90.36.00.0 90.36.00.00.00.00 0.00.00 (389) Saldo: 65.000,00 Objeto..........: Objeto....... ...: Procedimento para aluguel de barracão para alugar indústria de confecção instalada no Município, conforme itens do Processo n°. 03/2016. Pinha lão, 20 20 de Janeiro Janeiro de de 2016

ESTADO DO PARAN PREFEITURA MUNICIPAL MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL Contrato Nº..: 3/2016 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Contratada...: RODO SERVICE LTDA - FILIAL JD BOTANICO alor............: 86,5 (oitocentos e sessenta e nove reais e noventa e cinco centavos) Vigência.......: Vigê ncia.......: Início: 20/01/2016 Término: 20/02/2016 Licitação......: Inexigibilidade de Licitação Nº.: 1/2016 Recursos.....: Dotação: 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (272) Saldo: 21.948,41 Objeto..........: Contratação de empresa especializada especializada para fornecimento de  peçass para  peça para manute manutenção nção de micromicro-nib nibus us perten pertencent centee à Secre Secre-taria Municipal de Saúde, conforme itens do Processo n°. 05/2016. Pinha lão, 20 de de Janeiro Janeiro de 2016 2016 LEI 1421/2016 Súmula: Autoriza o município de Pinha lão a realiz realizar ar a conconcessão de uso de bens públicos. A Câmara Municipal de Pinha lão, Estado Estado do Paran Paranáá aprovou, e, Eu, Claudinei enetti, Prefeito Municipal sanciono a seguinte lei: Art. 1 - Autoriza o Poder Executivo a realizar a concessão de uso dos imóveis matriculados sob nº 1353 e nº 1354. Art. 2° - A concessão de uso será precedida de licitação e autorizará o concedido a realizar construção sob o imóvel. Parágrafo nico: A concessão de uso terá por objeto beneciar apenas cooperativas, cooperativas, pelo prazo de 15 anos, conforme estabelestabelece o decreto 15/05. Art. 3 - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Pinha lão, 21 de de janeiro janeiro de 2016. 2016. CLAUDINEI BENETTI - Prefeito Municipal

LEI 1422/2016 Súmula: Altera a lei municipal nº 1025/2012. A Câmara Municipal de Pinha lão, Estado Estado do Paraná Paraná,, aprovou, e, EU, Claudinei enetti, Prefeito Municipal sanciono a seguinte LEI: Art. 1º. Fica alterado o art. 5º da lei municipal nº 1025/2012,  passando a vigorar nos seguintes termos: termos: Art. 5º Constará na escritura que após o prazo de 05 (cinco) anos, o comprador que houver quitado a dívida, somente  poderá vender vender o imóvel para outra pessoa pessoa jurídica com autor autor ização do Município de Pinha lão. Parágrafo nico: No caso do imóvel ter sido adquirido através de pagamento parcelado, constará ainda a cláusula de inalienabilidade e de retrovenda do bem, pelo prazo do parcelamento. Art. 2º Diante desta modicação, cam os imóveis já aliena dos, autorizados a levantar a cláusula de inalienabilidade e de retrovenda do bem. Art. 3º. – Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação revogada as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinha lão, em em 21 de de janeiro janeiro de 2016. CLAUDINEI BENETTI - Prefeito Municipal LEI 1423/2016 SÚMULA: Dispõe sobre a concessão de atualização monetária aos subsídios dos Vereadores do Município de Pinha lã lãoo, Estado do Paraná. A Cmara Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, aprovou e eu, Claudinei Benetti, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei: Art. 1º - Fica concedida a atualização monetária para recom posição dos subsídios dos dos vereadores da Cmara Municipal Municipal de Pinha lão, Estado do Paraná, em conformidade conformidade com o artigo 37, X, da Constituição Federal, aplicando-se o percentual vericado no mês de dezembro/2015 de 11,2%, referente à variação acumulada do INPC dos ltimos doze meses. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, tendo efeito retroativo à 1º de janeiro de 2016. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinha lão, em em 21 de de janeiro janeiro de 2016. CLAUDINEI BENETTI - Prefeito Municipal

WENCESLAU BRAZ DECRETO Nº. 007/2016 de 20 de janeiro de 2016. SÚMULA: Declara situação de emergência nas áreas do município afetadas por enxurradas (12200). O Senhor Atahyde Ferreira dos Santos Junior, Prefeito (a) do município de Wenceslau Braz, localizado no estado do Paraná, no uso das atribuições legais conferidas pela lei orgânica do Município e pelo Inciso IV do artigo 8º da Lei Federal nº 12.608 de 10 de Abril de 2012, e CONSIDERANDO: Que ocorreu chuvas que tem castigado freqüentement e nossa região desde meados de novembro, onde foi registrado também um evento de grandes proporções, a seqüência de chuvas desde novembro vem encharcando o solo e com a chuva que precipitou na semana entre 3 e 11 de janeiro com o grande voluma, cerca de 400mm, até a noite de 10 de dezembro a madrugada de 11 de dezembro ocasionou enchentes em todos os rios e ribeirões de nosso Município, enxurradas e deslizamentos de grandes proporções, tanto na zona rural como na urbana, ocasionando a interdição total dessa rodovia desde o dia do evento, afetando as áreas descritas no formulário de Informações de Desastre (FIDE), anexo ao presente Decreto; Como conseqüência desse desastre, resultaram os danos humanos, materiais e ambientais e os prejuízos públicos descritos no formulário FIDE anexo a este Decreto; Que o parecer do COMPDEC municipal relatando a ocorrência desse desastre é favorável à declaração de Situação de Emergência. DECRETA:  Art. 1º. Fica declarada Situação Situação de Emergência nas áreas áreas do município contidas contidas no Formulário de Informações de Desastre (FIDE) e demais documentos anexos a este Decreto, em virtude do desastre classificado e codificado como Enxurradas (12200)  Art. 2º. Autoriza-se a mobilização de todos os órgãos municipai municipais s para atuarem sob a coordenação da COMPDEC municipal, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução.  Art. 3º. AutorizaAutoriza-se se a convocaçã convocação o de voluntário voluntários s para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre, sob a coordenação da COMPDEC municipal.  Art. 4º. De acordo c om o estabelecid estabelecido o nos incisos XI e XXV do artigo nº 5 da Constituição Federal, autoriza-se as autoridades administrativas e os agentes da Defesa Civil, diretamente responsáveis pelas ações de resposta ao desastre e em caso de risco iminente, a: Penetrar nas casas, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação; Usar de propriedade particul ar, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização posterior se houver dano; Parágrafo único: Será responsabilizado o agente da Defesa Civil ou autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações, relacionadas com a segurança global da população.  Art. 5º. De acordo com o estabele estabelecido cido no Artigo 5º do Decreto-Le Decreto-Leii nº 3.365 de 21 de Junho de 1941, autoriza-se o início dos processos de desapropriação, por utilidade pública, de propriedades particulares comprovadamente localizadas em áreas de risco intensificado de desastre. § 1º. No processo de desapropriação, deverão ser consideradas a depreciação e a desvalorização que ocorrem em propriedades localizadas em áreas inseguras. § 2º. Sempre que possível essas propriedades serão trocadas por outras situadas em áreas seguras, e o processo de desmontagem e reconstrução das edificações, em locais seguros, será apoiado pela comunidade.  Art. 6º. Com base no Inciso IV do artigo 24 da Lei nº 8.666 de 21 de Junho de 1993, sem prejuízo das restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/2000), ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às, atividades de respostas ao desastre, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de cento e oitenta dias (180) consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização do desastre e sendo vedada a prorrogação dos contratos.  Art. 7º. Este Decreto Decreto entra em em vigor na data data de sua publicação, publicação, devendo devendo vigorar vigorar por 180 180 dias. Gabinete do Prefeito, 20 de janeiro de 2016. •





• •

 ATAHYDE FE FERREIRA RREIRA DOS SANTOS JÚNIOR Prefeito Municipal

B6 EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016 - ED. 1474

SALTO DO ITARARÉ EDITAL RESUMIDO (LEILÃO 001/2016) – MUNICÍPIO DE SALTO DO ITARARÉ/PR DO OBJETO: O objeto do presente Edital de Leilão consiste na alienação em lotes de bens móveis (veículos, máquinas e ferro velho a granel) abaixo relacionados, no estado em que se encontram, podendo ser vistoriados no Pátio da Garagem Municipal, sito a Rua José Eugênio de Carvalho, 246, neste Município: Lote nº 01 – Veículo GM Kadett GL, ano 1997 1997,, placas AHD-3968 Lance Mínimo R$ 2.500,00; Lote nº 02 – Veículo Toyota Bandeirante, ano 1991, placas ACE-2271 - Lance Mínimo R$ 10.000,00; Lote nº 03 – Veículo Fiat Siena ELX Flex, ano 2009, placas AQV-2891 - Lance Mínimo R$ 10.000,00; Lote nº 04 – Veículo Scania K112 CL, ano 1990, placas BYE-8212 Lance Mínimo R$ 20.000,00; Lote nº 05 - Veículo Fiat Uno Mill e Way Econ, ano 2012 2012,, placas ATY5037 - Lance Mínimo R$ 11.000,00; Lote nº 06 – Mot oniveladora 120h, ano 1997 - Lance Mínimo R$ 120.000,00; Lote nº 07 – Carregadeira w20, ano 1996 - Lance Mínimo R$ 80.000,00; Lote nº 08 – Veículo Volks wagen Komb i, placas A GH503 GH5035, 5, ano 1996 Lance Mínimo R$ 2.691,37; Lote nº 09 – Aproximadamente 2.400 kg (quilog ramas) de ferro velho  – Será vend ido por p eso, a gr anel, a, no míni mo R$0,10 po r kg – Mínimo R$ 240,00. VALOR TOTAL DOS LOTES: R$ 256.431,37 (duze ntos e cinquenta cinquenta e seis mil, quatrocentos e trinta e um reais e trinta e sete centavos). O leilão dos bens r ealizar-se-á na data de 11 de fevereiro de 2016, no Pátio da Garagem Municipal de Salto do Itararé, Estado do Paraná, sito a Rua José Eugenio de Carvalho, 246, com inicio às 14:00h (lote 9) e 15:00h (demais lotes). Os bens encontrar-se-ão à disposição para exame dos interessados na GARAGEM DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO ITARARÉ, localizada na José Eugênio de Carvalho, 246 Centro, neste Município de Salto do Itararé, nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro de 2016, horário das 08:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 17:00 horas. O edital completo encontra-se a disposição na Prefeitura Municipal, sito a Rua Eduardo Bertoni Junior, 471, Centro, Município de Salto do Itararé, Estado do Paraná. Informações: 43-35791607 Falar com Fernando Marques de Lima (Leiloeiro) Comissão de Avaliação: - Lucimari Leal RG 6.261.125-1 CPF 031.743.699-94 - Herivelto Barbosa RG 8.538.080 CPF 243.951.539-68 - Priscila Cristina Weisheimer Carvalho Vieira RG 9.297.671-8 CPF 051.285.159-07

MUNICIPIO MUNICIP IO DE SAL TO DO ITARA RÉ

Paço Municipal “Prefeito José Odair” CNPJ.. 76.920 CNPJ 76.920.834 .834 0001 0001-87 -87

CONVOCAÇÃO

ISRAEL DOMINGOS, Prefeito do Município de Salto do Itararé, no uso das atribuições que lhe facultam o cargo, CONVOCA a população de Salto do Itararé, Estado do Paraná, para participar da Audiênci Audiência a Publica para avaliação do Cumprimento Cumprimento das metas ref. ao terceiro quadrimestre 2015, que realizar – se-a no Prédio onde funciona a Prefeitura Municipal, sito a Rua Eduardo Bertoni Junior, 471, as 17h00min horas, dia 29 de janeiro do ano de 2015.

Desde já contamos com sua valiosa presença

Salto do Itararé, 21 de janeiro de 2016.

ISRAEL DOMINGOS PREFEITO MUNICIPAL

View more...

Comments

Copyright © 2017 KUPDF Inc.
SUPPORT KUPDF